Bienal Internacional de Curitiba 2013

Agende sua visita guiada nos espaços expositivos

O desejo do educativo/provocativo é a comunicação para impulsionar saltos associativos dos visitantes - relacionando o conteúdo deste material aos seus prévios conhecimentos e a novas possibilidades. Aqui também se propõe uma aliança com o professorado, para que possam saltar mais vigorosos, possibilitando aos estudantes que também saltem mais longe. Para tanto, a curadoria do Projeto Educativo aposta em uma abordagem que provoque a empatia entre visitante e mediador.

Outra investida é na mediação que os professores e professoras possam fazer. Além do material preparado para provocar suas jornadas pessoais pelo mundo da criação destes artistas presentes na mostra, foi feita uma parceria com o Instituto Arte na Escola, para pensar o elenco via territórios da arte propostos pela DVDteca Arte na Escola e seus documentários sobre arte, artistas e instituições.

Uma vez que estes documentários estão espalhados em 30.000 escolas pelo território nacional,por iniciativa do MEC, além dos Pólos Arte na Escola, da FAP e UFPR em Curitiba, a professora ou professor na escola que tiver a DVDteca, ou aqueles que desejem passar pela sala dos professores, poderão encontrar e assistir aos documentários. Pela categoria/território na qual alocamos os dez artistas da Bienal selecionados para o material, será possível relacioná-los a outros criadores e questões pertinentes a patrimônio cultural, forma e conteúdo das Artes Visuais, processo de criação, mediação cultural, além de conexões interdisciplinares. Isso coloca o professor no posto de curador de sua aula e também de navegador livre.