Curitiba International Biennial 2013

LITERATURE


A poesia estará presente na Bienal Internacional de Curitiba 2013, acionando sentidos de uma experiência com o real a partir de uma expansão dos seus próprios conceitos de literatura. É da margem expandida da literatura e do livro que os 44 poetas participantes deste projeto de curadoria provocarão o leitor-transeunte.

A antologia Fantasma Civil é um livro-objeto contendo folhas soltas para serem distribuídas pelo corpo de Curitiba, com poemas que fazem referência à cidade. As ações que levarão os 42 poemas de Fantasma Civil para o corpo da capital serão executadas por mediadores em trajetos de ônibus. Um gesto de cartografia sensível da lembrança dos órgãos “civis” que respiram subjetivamente na poesia.

A projeção do poema aA Momento de Simetría, de Arturo Carrera, em uma das laterais da Casa da Memória, acrescenta marcas trazidas do pensamento cosmológico que emprestam à escrita a sugestão de dilatação do espaço consagrado do livro, retomando transversalidades entre escritas étnicas e arte contemporânea.


ARTISTAS PARTICIPANTES


Sérgio Medeiros, Arturo Carrera, Adalberto Müller, Ademir Demarchi, Afonso José Afonso, Alexandre França, Alice Ruiz, Amarildo Anzolin, Andréia Carvalho, Anísio Garcez Homem, Bárbara Lia, Bianca Lafroy, Bruno Costa, Camila Vardarac, Carlos Careqa, Cristiane Bouger, Edson De Vulcanis, Emerson Pereti, Estrela Leminski, Fernando Karl, Greta Benitez, Hamilton Faria, Helena Kolody, Homero Gomes, Ivan Justen Santana, Josely Vianna Baptista, Leonarda Glück, Lindsey Rocha Lagni, Luci Collin, Marcelo De Angelis, Marcelo Sandmann, Marcos Prado, Marília Kubota, Mario Domingues, Paulo Leminski, Priscila Merizzio, Roberto Prado, Ricardo Pedrosa Alves, Roosevelt Rocha, Sabrina Lopes, Sérgio Viralobos, Vanessa Carneiro Rodrigues, Wilson Bueno e Zeca Corrêa Leite.


PROGRAMAÇÃO DAS AÇÕES DE LITERATURA


Clique aqui para conferir as ações de literatura da Bienal Internacional de Curitiba 2013.