Bienal Internacional de Curitiba 2013

Hotel Indicado


Bristol Centro Cívico Hotel

Localizado a 400m do Museu Oscar Niemeyer, um dos espaços que recebe exposições da Bienal nternacional de Curitiba 2013, o hotel oferece comodidade e praticidade aliados a um atendimento de alto nível. Uma opção na medida certa para quem quer gastar menos e aproveitar mais.



Transporte


Linha Turismo

A Linha Turismo de Curitiba nasceu com o objetivo de facilitar o acesso dos visitantes aos pontos mais famosos da cidade. Partindo de meia em meia hora da Praça Tiradentes, os ônibus que integram a linha passam por 11 pontos estratégicos ao longo da volta pela cidade, incluindo locais onde se encontram obras da Bienal de Curitiba. O passeio de 44 km se encerra retornando ao ponto de partida, após duas horas e meia. A linha opera de terça-feira a domingo, tendo o primeiro ônibus partindo às 9h e o último às 17h30, ambos da Praça Tiradentes.

Linha Aeroporto

Duas linhas em Curitiba conectam o Aeroporto Afonso Pena, localizado na Região Metropolitana de Curitiba, à capital. O serviço Aeroporto Executivo tem a primeira partida às 04h32, da Rodoferroviária, e a último ônibus parte às 00h30, do Aeroporto, nos dias úteis e nos sábados. Aos domingos, o primeiro ônibus parte às 5h07, da Rodoferroviária. A Linha liga o Aeroporto ao centro da capital, possuindo um trajeto que passa por diversos hotéis e pontos importantes da cidade. Outra alternativa é a Linha Direta 208, também conhecida como Ligeirinho Aeroporto, que conecta o Aeroporto Internacional ao Centro Cívico da cidade. A primeira partida da Linha é às 06h00, dos pontos Aeroporto e Centro Cívico. O último ônibus do centro da cidade sai às 23h, sendo a última parada no Aeroporto às 23h20.

Aeroporto Internacional de Curitiba

Distante 18 km do centro da capital, o Aeroporto Afonso pena fica localizado em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba. Com 147 voos diários regulares, sendo 4 deles internacionais, o Aeroporto de Curitiba é o segundo maior da região Sul do Brasil, sendo considerado também, devido a sua área de 45 000 m², o oitavo maior do País.

Rodoferroviária

A Rodoferroviária de Curitiba é localizada em um ponto estratégico da cidade, na R. Presidente Affonso Camargo, 330, no Jardim Botânico, entre diversos hotéis. Durante a Bienal Internacional de Curitiba, a Rodoferroviária passará por reformas por conta da proximidade da Copa do Mundo.



Pontos de Informações Turísticas


Informações a respeito da cidade e também da Região Metropolitana podem ser adquiridas nos Pontos de Informações Turísticas (PITs). Curitiba conta com oito Pontos de Informações Turísticas localizados estrategicamente:

ACISF - Santa Felicidade (Casa dos Contos)

Avenida Manoel Ribas, 584, Santa Felicidade
Horário: de segunda a sexta-feira, das 10h30 às 17h30h. Sábado e domingo, das 9h às 15h
Telefones: 3273 4605 e 3016 4705

Aeroporto Internacional de Curitiba

Avenida Rocha Pombo, s/n°., salão de desembarque (térreo), São José dos Pinhais
Horário: diariamente, das 7h às 23h
Telefone: 3381 1153

Rodoferroviária de Curitiba

Avenida Presidente Affonso Camargo, 330, Jardim Botânico
Horário: de segunda-feira a sábado, das 9h às 18h. Domingo, das 9h às 16h
Telefone: 3320 3121Telefone: 3381 1153

Sala de Pedra - Palacete Wolf

Praça Garibaldi, 7, São Francisco
Horário: de segunda-feira a sábado, das 9h às 18h. Domingos, das 9h às 15h
Telefone: 3321 3206

Sala de Pedra - Palacete Wolf

Rua Profesoor Lycio Grein de Castro Vellozzo, 191, Mercês
Horário: de terça-feira a domingo e feriados, das 10h às 19h
Telefone: 3339 7613

Coritiba Foot Ball Club

Estádio Couto Pereira - Rua Mauá, s/nº, Alto da Glória
Horário: de terça-feira a sábado e feriados, das 10h às 17h. Domingos, das 10h às 13h. Em dias de jogos os horários variam.
Telefone: 3218 1993

Instituto Municipal de Turismo

Rua da Gloria, 362, térreo, Centro Cívico
Horário: de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h.
Telefone: 3250 7729

Curta Curitiba na Rua 24 Horas

A Rua 24 Horas é referência em gastronomia e ponto de vendas no centro da cidade. Além dos serviços disponíveis, o ponto turístico abriga o espaço Curta Curitiba, uma Central de Atendimento ao Turista que, além de fornecer informações a respeito da cidade, também pode programar a estada na capital através de serviços turísticos. Passeios por toda Curitiba e região podem ser reservados no local diariamente, das 9h às 18h30. Entre as opções, encontram-se passeios tradicionais, como o city tour, até novidades, como passeios de bicicleta. A Rua 24 Horas é localizada entre as ruas Visconde do Rio Branco e Visconde de Nacar, no Centro.

Rua 24 Horas – Ponto de Informações Turísticas

A Rua 24 Horas é referência em gastronomia e ponto de vendas no centro da cidade. Além dos serviços disponíveis, o ponto turístico abriga o espaço Curta Curitiba, uma Central de Atendimento ao Turista que, além de fornecer informações a respeito da cidade, também pode programar a estada na capital através de serviços turísticos. Passeios por toda Curitiba e região podem ser reservados no local diariamente, das 9h às 18h30. Entre as opções, encontram-se passeios tradicionais, como o city tour, até novidades, como passeios de bicicleta. A Rua 24 Horas é localizada entre as ruas Visconde do Rio Branco e Visconde de Nacar, no Centro.

Rua do Comércio 24 Horas,
Horário: diariamente, das 9h às 19h
Telefone: 3225 4336



Sobre Curitiba


População Grande Curitiba:3.307.945 (estimativa IBGE/2009)
Altitude média: 934,6 m
Fuso horário: Brasília
Clima: Temperado
Temp. média no verão: 21ºC
Temp. média no inverno: 13ºC


Planejamento Urbano

Curitiba é conhecida por suas soluções urbanas diferenciadas e já recebeu prêmios de cidade sustentável. Notadamente, seu sistema integrado de transporte público nas, vias regulares de trânsito vem servindo como indutor de seu desenvolvimento urbano, em especial a partir da década de 70.

O sistema de transporte público da cidade é frequentemente lembrado por seus terminais de passageiros interligados por canaletas exclusivas para ônibus biarticulados. Além desses veículos, “ligeirinhos”, alimentadores e ônibus comuns, todos diferenciados por cores, trafegam pelas ruas numa complementação do serviço.

Medições recentes, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), indicam que a área verde de Curitiba é de 51,5 m² por habitante – acima do índice de Londres e cerca de três vezes superior à área mínima recomendada pela ONU. Considerada como a Capital Ecológica, a cidade é fundamentalmente composta por parques e bosques municipais, que protegem parte das matas ciliares de rios locais, como o rio Barigüi e o rio Iguaçu. Uma grande variedade de praças e logradouros públicos, associados às vias públicas bastante arborizadas, também modelam a paisagem.

O zoneamento urbano da cidade, integrado ao sistema de transporte, tem permitido um desenvolvimento arquitetônico e urbano tido, por analistas, como coeso e harmônico, sem os principais problemas das grandes metrópoles modernas.

Cidade sustentável

Em 2013, a Revista Forbes (http://www.forbes.com/forbes/) elegeu Curitiba como uma das 10 cidades mais inteligentes do mundo.

Na década de 90, a cidade foi agraciada pela ONU com o prêmio “United Nations Environment Program”, mundialmente considerado o prêmio máximo do meio ambiente. Em 2006, Curitiba sediou o evento COP8/COP-MOP3 da ONU.

Em 2010, Curitiba recebeu dois prêmios mundiais de sustentabilidade. Em janeiro, ganhou o “Sustainable Transport Award”, em Washington, devido à implantação da Linha Verde − um projeto da Prefeitura de Curitiba para estender o alcance do sistema de transporte integrado da cidade.

Em abril, durante cerimônia na cidade de Estocolmo, recebeu o “Globe Award Sustainable City”, que elege anualmente a cidade com destaque em excelência de desenvolvimento urbano sustentável.

A capital paranaense foi a única cidade brasileira a entrar no século XXI como referência nacional e internacional de planejamento urbano e qualidade de vida. Numa pesquisa feita pela revista americana Reader’s Digest, foi o município brasileiro mais bem colocado no ranking das melhores cidades do mundo para se viver. Em março de 2001, uma pesquisa patrocinada pela ONU apontou Curitiba como a melhor capital do Brasil pelo Índice de Condições de Vida (ICV), composto por indicadores como renda, educação, habitação, longevidade e outros.

Curitiba é também a cidade brasileira que mais recicla seus resíduos: cerca de 450 toneladas são recicladas por dia. No ano de 2007, a cidade ocupou o terceiro lugar numa lista das 15 Cidades Verdes do mundo, de acordo com o site americano www.grist.org.

Pólo industrial do Sul do país

Especialistas consideram a Região Metropolitana de Curitiba como a sede do maior pólo industrial do Sul do país.

O parque industrial da cidade é diversificado e está localizado principalmente na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). Seu maior destaque é a indústria automobilística, segundo maior pólo do país, onde estão montadoras como Audi, Case New Holand, Fiat, Nissan, Renault, Volvo e Volkswagen. A cidade ainda se destaca pelo uso de tecnologias limpas, que não geram resíduos tóxicos para o meio ambiente, em diversos setores de produção industria




Cidade universitária

Atualmente Curitiba abriga 8 universidades (UFPR, UTFPR, PUC-PR, Universidade Tuiuti, Universidade Positivo, UNICURITIBA, UniBrasil e Unespar/FAB/Embap). A Universidade Federal do Paraná (UFPR), a mais antiga do Brasil, é hoje símbolo da cultura paranaense. Além de universidades, a capital abriga 45 instituições de ensino superior, gerando cerca de 110 mil vagas para estudantes.

Algumas dessas instituições, como UFPR, UTFPR, PUC-PR, Universidade Tuiuti, Unespar/FAP/Embap, oferecem cursos técnicos, pós-graduação, mestrado e doutorado em artes gráficas, visuais, audiovisuais, além de música e artes cênicas. Essa grande variedade de opções transforma a cidade em um importante centro de formação artística. Cabe destacar que somente na área de artes visuais existem 4 cursos de graduação.

Diversidade cultural

Curitiba, com seus mais de 3 milhões de habitantes, possui uma vocação cultural histórica. É cidade natal, residência e principal inspiração do contista Dalton Trevisan (1925) e do controverso escritor, poeta e compositor Paulo Leminski (1944-1989). É sede do Museu Oscar Niemeyer, eleito em 2012 um dos 20 museus mais belos do mundo. Além disso, é berço de grandes artistas e sede de grandes eventos, como a Oficina de Música de Curitiba, o Festival de Teatro e o Festival Internacional de Cinema da Bienal de Curitiba, que agitam a cidade e mobilizam um grande número de pessoas.

Diversos eventos expressivos relacionados às artes visuais já foram realizados na cidade. Em 1944, foi criado pelo Governo do Paraná o Salão Paranaense, que continua sendo realizado até hoje. Em 1947, teve início o Salão de Belas Artes da Primavera, realizado até 1993, pela comunidade alemã. Durante as décadas de 70 e 90, Curitiba sediou a Bienal Internacional da Gravura e, especificamente na de 90, também realizou a Bienal da Fotografia. Em 1993, foi realizada a primeira edição da VentoSul, hoje denominada Bienal Internacional de Curitiba, que é um dos principais eventos do circuito mundial.

Curitiba abriga inúmeros espaços culturais, frequentados por um público cada vez maior e mais diversificado. São museus, teatros, cinemas, casas de espetáculos, auditórios, além de parques e praças, que oferecem feiras de artesanato, antiguidades e uma variada programação artística aberta à comunidade.

O nome da capital paranaense tem origem na junção de duas palavras dos índios Tingüi, Jê e Tupi-guarani. Coré etuba, que significa “pinhal” ou “muito pinhão”, passou a batizar o local. O pinheiro é a árvore símbolo de Curitiba, que completou 320 anos em 2013.