Bienal Internacional de Curitiba 2013

Com projeções no lugar das lâmpadas, postes são atração da Bienal




Foto: Danilo Duarte

A obra do mineiro Eder Santos, instalada na Praça Generoso Marques, em frente ao SESC Paço da Liberdade, está chamando a atenção de quem passa pelo local à noite. Isso porque os postes, em vez da tradicional luz branca, projetam imagens nos globos de vidro. A obra, criada especialmente para a Bienal Internacional de Curitiba 2013, pode ser conferida após o entardecer. Quem parar para olhar, verá imagens de nuvens e mariposas.

A ideia de Eder Santos é fazer com que parte da "mobília urbana", que raramente chama a atenção e costuma passar despercebida, repentinamente se torne personagem de uma narrativa no espaço urbano. O objetivo é que o inusitado, o incomum, interrompa o fluxo de percepção a que já se está acostumado.

Eder Santos nasceu em Belo Horizonte, em 1960. É um dos mais requisitados artistas brasileiros do vídeo e da imagem digital. Obras suas integram a coleção do MoMA, em Nova York, e do Centro Georges Pompidou, em Paris, entre outros. Tem uma extensa relação de participações em exposições coletivas e individuais e, mais recentemente, realizou um filme de longa metragem.

Serviço

Obra de Eder Santos

Local: Praça Generoso Marques

Horário: Após o entardecer

Acesso: gratuito