Сейчас клиент микрофинансовой организации находится в очень выгодном положении, так как конкуренция между мфо привела в появлению такого вида займа, как займ без процентов, то есть бесплатный займ. Это, действительно достаточно новое явление на рынке финансовых услуг, совсем недавно появилось на рынке финансовых услуг, но уже стало настоящим событием среди клиентов кредитных организаций, выдающий займы.

Carybé

ARTISTA

Caribé

Argentino de nascimento, carioca por criação e baiano por opção, Carybé foi um dos mais produtivos e inquietos artistas que o Brasil já teve. Carybé teve sua obra exposta por todo o Brasil e em países como Argentina, Estados Unidos, Japão, Itália, Alemanha, França, Iraque, Portugal, Espanha e México. Conquistou honrarias importantes, como o 1º Prêmio Nacional de Desenho, na III Bienal de São Paulo, mas o título de que mais se orgulhava era o de Obá de Xangô, oferecido pelo terreiro de candomblé Ilê Axé Opô Afonjá, onde foi iniciado nos mistérios da religião. Amigo de importantes artistas, como Rubem Braga, Pierre Verger, Dorival Caymmi e Jorge Amado, Carybé ilustrou, ainda, diversos livros, a exemplo de “Cem Anos de Solidão”, do escritor Gabriel García Márquez. As obras artísticas exibidas na Bienal de Curitiba têm muito da influência cultural religiosa de matizes africanas que perduraram na cultura do nordeste do Brasil.

Conhecido mundialmente como Carybé, o pintor, escultor, ilustrador, desenhista, cenógrafo, ceramista, historiador, pesquisador e jornalista Hector Julio Paride Bernabó tem sua genialidade associada à Bahia, cuja essência soube materializar em desenhos, aquarelas, esculturas e murais. Argentino de nascimento, Carioca por criação e Baiano por opção, Carybé foi um dos mais produtivos e inquietos artistas que o Brasil já teve. Caçula de cinco filhos, iniciou-se no meio artístico como ajudante no atelier de cerâmica que seu irmão, Arnaldo, mantinha no Rio de Janeiro. Em seguida cursou, por dois anos, a Escola Nacional de Belas Artes e atuou como ilustrador e diagramador de revistas e jornais.

Além de passagens bastante divertidas e curiosas na sua vida, como ter sido pandeirista da cantora Carmem Miranda em suas turnês a Buenos Aires, Carybé teve sua obra exposta por todo o Brasil e em países como Argentina, Estados Unidos, Japão, Itália, Alemanha, França, Iraque, Portugal, Espanha e México. Conquistou honrarias importantes, como o 1º Prêmio Nacional de Desenho, na III Bienal de São Paulo, mas o título de que mais se orgulhava era o de Obá de Xangô, oferecido pelo terreiro de candomblé Ilê Axé Opô Afonjá, onde foi iniciado nos mistérios da religião. Amigo de importantes artistas, como Rubem Braga, Pierre Verger, Dorival Caymmi e Jorge Amado, Carybé ilustrou, ainda, diversos livros, a exemplo de “Cem Anos de Solidão”, do escritor Gabriel García Márquez.

Daniel Rangel | Curador

 

 

 

Espaços