Julio-le-Parc_continuel-mobile-inbox_to_web
03 12 15
blog

Bienal de Curitiba 2015 entra em sua reta final e registra sucesso de público

Curitiba, dezembro de 2015 – Nos últimos dois meses Curitiba esteve mais iluminada com a Bienal Internacional de Curitiba, que nesta edição teve como tema Luz do Mundo. O evento traz para a cidade nomes de destaque internacional, nacional e local no cenário artístico contemporâneo, como Carlo Bernardini (Itália), Dan Flavin (EUA), Eliane Prolik (Brasil), Iván Navarro (Chile), Jeongmoon Choi (Coreia do Sul), Odires Mlászho (Brasil) e o homenageado Julio Le Parc (Argentina/França), que tem 16 obras expostas no Museu Oscar Niemeyer (MON). Os espaços estarão com exibições da Bienal até o primeiro domingo de dezembro (6).

Com maior integração na cidade, a Bienal leva arte aos quatro cantos da capital paranaense. “A Bienal vem crescendo a cada edição e podemos perceber isso tanto pelo número de artistas com obras expostas quanto pela receptividade e participação do público. Estamos comemorando a edição de 2015 como um grande sucesso”, celebra Luiz Ernesto Pereira, diretor da Bienal. A última semana da Bienal garante o tempo necessário para visitar os principais espaços. “As pessoas não podem perder a chance de conhecer os maiores nomes da arte contemporânea mundial, é uma experiência única que ficará para sempre na memória”, complementa o diretor.

Roteiros

Para facilitar o acesso à arte, a Bienal organizou três tipos de roteiros de visitação: a pé, de bicicleta e de van. Os próximos roteiros de van e de bike acontecem no sábado (5) e têm o valor de R$ 5 e R$ 30, respectivamente. As inscrições podem ser feita via email até a véspera pelo endereço agendamento@bienaldecuritiba.org  e o itinerário está disponível no site.

Legado para Curitiba

Ainda que a luz seja etérea, artistas que estão na Bienal 2015 optaram por presentear a cidade para perpetuar a arte. É o caso de Tom14, artista plástico que levou cores à rodoferroviária com intervenções feitas em parceria com o programa Tudo de Cor Para você das Tintas Coral. O artista Cesar Ferreira presentou Curitiba com uma bicicleta gigante, 50% confeccionada com materiais recicláveis que, segundo Ferreira, representa a luz das ideias novas, que conscientizam e direcionam a mente, estimulando a mobilidade urbana e a sustentabilidade.

Patrocínio

O Ministério da Cultura apresenta a Bienal Internacional de Curitiba 2015, realizada por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura (Lei Rouanet). Esta edição conta com o patrocínio master da UEG Araucária e patrocínio do BNDES, Petrobras, Sanepar, Copel, Scania e BRDE. Tem copatrocínio da Barigui Financeira, Sesi FIEP, Monreal Construtora, Pátio Batel e URBS. Tem o apoio da APAP-PR e Tintas Coral. O apoio internacional da Fundação Japão, Consulado Geral do Japão, Embaixada da Argentina, Consulado da Argentina em Curitiba, Prefeitura de Columbus, Prefeitura de Cracóvia, Embaixada da Itália, Consulado Geral da Itália em Curitiba, Instituto Italiano de Cultura de São Paulo, Centro Cultural Coreano no Brasil, Consulado Geral da República da Coréia, Embaixada do México, Embaixada da Suécia, Wichita State University, Fulbright, Consulado de Israel em São Paulo, Goethe Institut.

Promoção

A Bienal é uma promoção da RPC TV e do jornal Gazeta do Povo.

 

Serviço:

Bienal Internacional de Curitiba 2015

Data: 3 de outubro a 6 de dezembro

Local: Curitiba − PR

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *