Programação de Dezembro na Bienal

Nos siga nas redes sociais

 

Dezembro é o mês em que se respira um clima festivo e animado.

Temos a chegada do verão, a aproximação das festas de final de ano, as férias escolares e a extensa programação com atrações natalinas que se espalham por Curitiba. Quem estiver na cidade pode aproveitar e ir visitar os vários locais que contam com programações da Bienal de Curitiba ’17.
Confira nossas sugestões:

 

Abertura da Bienal de Curitiba’17 | MON | visitantes | Créditos: Irmãos Thoms — em Museu Oscar Niemeyer.

 


MUSEU OSCAR NIEMEYER

Durante todo o mês de dezembro, além das tracionais quartas-feiras gratuitas, aos domingos a entrada no Museu Oscar Niemeyer – MON será franca. Além disso, todos os dias haverá entrada gratuita para os adolescentes que nasceram em 2002 e que completaram ou completam 15 anos em 2017. Ambas as ações são parte das comemorações dos 15 anos do MON.

O MON concentra a maior parte das exposições da Bienal. No Salão Principal – Olho e na área externa do museu podem ser apreciadas as obras de 36 artistas chineses, na exposição “Vibrations”, sob curadoria de Fan Dian, Fang Zhenning e Liu Chunfeng. A Torre do MON traz conteúdos sobre as Bienais Chinesas CAFAM Biennial (Central Academy of Fine Arts Museum) de Pequim e Shanghai Biennale, com vídeos e outros materiais de divulgação contando o histórico de edições e explicando o que são ambos os eventos.

Na sala 1 se encontra a exposição “Além da Fotografia”, que tem curadoria de Tício Escobar; na sala 2 estão as mostras “Song for my Hands”, de Marta Mestre, e “Antítese, Imagem, Síntese”, com curadoria de Massimo Scaringella; a sala 9 conta com as mostras “Dualidades Humanas”, curada por Brugnera; “Tiluk e a obra de Guadalupe Miles”, com curadoria de Tulio de Sagastizabal, e “Opera Hominum”, curada por Leonor Amarante; no hall entre a sala 3 e 6 se encontram as exposições “Visão Expandida”, sob curadoria de Massimo Scaringella, e “Stockage”, sob curadoria de Tereza de Arruda; na sala 3 está a mostra “Não está claro até que a noite caia”, da artista Juliana Stein, sob curadoria de Agnaldo Farias; e no subsolo do museu está a obra “Excuse door”, da artista Florence Jung, sob curadoria de Fernando Ribeiro.

O Museu Oscar Niemeyer funciona de terça-feira a domingo, das 10h às 18h. Nos dias 24 e 31 de dezembro (Véspera de Natal e de Ano Novo) o museu funciona somente até às 15h. No dia 25 de dezembro e 1º de janeiro o MON estará fechado.

 

 

Registros da abertura da exposição, por Henrique Thoms / Irmãos Thoms

 

 

MUSEU MUNICIPAL DE ARTE – MUMA

No Museu Municipal de Arte – MuMa poderão ser apreciadas as obras de jovens artistas de várias regiões da China, parte das obras do Circuito Universitário da Bienal de Curitiba – CUBIC e a mostra “Imagem em Profusão: Intersecções da Colagem Expandida”, do Clube da Colagem. O MuMa funciona de terça a domingo, das 10 às 19 horas, e ficará fechado apenas nos dias 24, 25 e 31 de dezembro de 2017 e 1.º de janeiro de 2018.

 

Memorial de Curitiba | Registro: Fundação Cultural de Curitiba

 


CENTRO HISTÓRICO

O Centro Histórico, local onde acontece o evento “Proclamação do Natal“, conta com exposições da Bienal em diversos locais. A sede do evento “Natal no Memorial de Curitiba e Pavilhão Étnico” , o Memorial de Curitiba, conta com a exposição “Hangzhou, o paraíso na Terra” e parte das mostras “Antítese Imagens Síntese”, sob curadoria de Massimo Scaringella, e “Porque o Mundo não pode perder o seu Afeto”, sob curadoria de Royce W. Smith e Dannys Montes de Oca.

O Museu da Fotografia é ocupado pelas exposições “O Museu é Feminista e outras esperanças sobre o futuro”, sob curadoria de Carolina Loch, e “Além da Fotografia”, sob curadoria de Tício Escobar. Já o Museu da Gravura conta com parte das obras do Circuito Universitário da Bienal de Curitiba – CUBIC. Ambos os museus estão no complexo Solar do Barão.

Ainda no Centro Histórico, temos o Museu Alfredo Andersen, que conta com a mostra coletiva “Arte e Vida”, sob curadoria de Brugnera, e o Museu Paranaense, que traz a outra parte da exposição “Porque o Mundo não pode perder o seu Afeto”, sob curadoria de Royce W. Smith e Dannys Montes de Oca.

Os visitantes poderão apreciar ainda a exposição “As Cores da China” e obras das artistas plásticas paranaenses Daniele Henning e Raquel Frotta, que estão na Galeria Solar do Rosário, integrando o Circuito de Galerias da Bienal de Curitiba. O local funciona das 10h às 20h, com ressalva nos dias 21 e 22, quando o horário será das 10h às 19h e do dia 26 ao dia 9 de janeiro, do meio-dia às 18h. O Solar só fecha de 23 a 25 de dezembro.

A cerâmica de Dean Adams | Ornitorrinco

BARES, CAFÉS E BALADAS

 

Quem quiser ainda ir comer e beber em algum lugar depois de conferir as exposições do Centro Histórico e a programação natalina, a sugestão é o Bar do Alemão, que integra o Circuito Alternativo da Bienal de Curitiba – o bar sofre uma mudança de horário apenas no feriado de natal, no dia 24 fecha às 17 horas e no dia 25 abre às 17h.

Saindo do Centro Histórico, quem quiser aproveitar o verão para fazer um happy hour ou ir tomar um café e ainda aproveitar para visitar uma das exposições do Circuito Alternativo da Bienal, as dicas são o Botanique Cafe Bar Plantas, que só vai fechar nos dias do Natal e Ano-Novo; o Bar Ornitorrinco fecha dia 24 de dezembro e reabre dia 8 de janeiro; o Café Bathé, que fecha do dia 24 de dezembro ao dia 7 de janeiro; o Degusto Café, que fecha apenas nos dias 24, 25, 30 e 31 de dezembro; e o Dizzy Café Concerto fecha dia 29 de dezembro e reabre dia 9 de janeiro. Para os fãs de casas noturnas, o Novo James Bar também integra a programação da Bienal de Curitiba e permanece com a sua programação normal.

 

Obras de Joyce St. Clair | Botanique

 

A Bienal de Curitiba ’17 apresenta obras contemporâneas de mais de 400 artistas nacionais e internacionais, em mais de 100 espaços da cidade, como museus, galerias, bares, cafés, espaços abertos e até uma casa noturna. Atração é o que não falta para aproveitar dezembro! Para mais informações, acesse o site da Bienal de Curitiba, bienaldecuritiba.com.br, ou na página oficial no Facebook.

 

Serviço:

Museus

Museu Oscar Niemeyer (MON): R. Mal. Hermes, 999 – Centro Cívico.

Museu Paranaense: R. Kellers, 289 – Alto São Francisco.

Museu Alfredo Andersen: R. Mateus Leme, 336 – São Francisco.

Museu Municipal de Arte (MuMA): Av. Rep. Argentina, 3.432 – Portão.

Museu da Fotografia: Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 533, Centro.

Museu da Gravura: Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 533 – Centro.

Memorial de Curitiba: R. Dr. Claudino dos Santos, 79 – São Francisco.

Solar do Rosário Galeria de Arte – Rua Duque de Caxias, 04 – Centro Histórico.

Bares e cafés

Bar do Alemão – R. Dr. Claudino dos Santos, 63 – São Francisco

Botanique – Rua Brigadeiro Franco, 1193 – Mercês

Ornitorrinco – Rua Benjamin Constant, 400 – Centro

Café Bathé – Rua desembargador costa carvalho 89, Batel

Degusto Café – Alameda Doutor Carlos de Carvalho, 1148 – Batel

Dizzy Café Concerto – Rua Treze de Maio, 894 – Centro

Novo James Bar – Alameda Dr. Carlos de Carvalho, 680 – Centro

 

Créditos: Herinque Thoms / Irmãos Thoms