Artistas

Alfredo Quiroz e Bernardo Puente

BERNARDO PUENTE
Nasci 1969 em Buenos Aires, Argentina. Eu sou um artista e um psicólogo da Universidade Católica, Assunção. Assisti a 6 anos de teologia e filosofia no Instituto San Jose da Pontifícia Universidade Católica da Argentina, Buenos Aires. Em 2015, siga o curso “Fotografia Contemporânea”, em 2016, o curso “Fotografia Líquida” e o curso “Arte, Ativismo e Política”, no NODE / CENTER em Berlim, Alemanha. Em 2015, obtive o primeiro prêmio do “Estufa: arte, política, experiência” do Centro Cultural de Espanha (CCE) “Juan de Salazar” em Assunção; No mesmo ano, fui selecionado e participei da exposição coletiva do Prêmio de Artes Visuais da Embaixada da Alemanha, Assunção, Paraguai.

ALFREDO QUIROZ
Nasci em 1974 em Assunção, Paraguai. Sou hematologista, Recebido na Universidade Católica, Paraguai, professor de especialização em Bioquímica Clínica, Área de Hematologia da Universidade Católica. Além disso, desde 2009 desenvolvi obras artísticas ligadas à minha disciplina básica com exposições individuais e coletivas. Em 2014 ganhei o primeiro Prêmio de Artes Visuais “Henri Matisse”, organizado pela Embaixada da França no Paraguai, a Aliança Francesa e a Associação “Gente de Arte”. Em 2015, participe do convite “INVERNADERO: ARTE, POLÍTICA, EXPERIMENTO” do Centro Cultural de Espanha “Juan de Salazar”, em Assunção, com o projeto “DNA mitocondrial”, obtendo o primeiro lugar desta convocação. Fui recentemente convidado a representar o Paraguai na 1ª Bienal do Sul: Povos em Resistencia, na Sala do Museu de Belas Artes de Caracas Venezuela, com o trabalho EL CENTO OITO. Atualmente vivo e trabalho em Assunção Paraguai.