Artistas

Nury González

Nury González, 1960, artista visual, ¨Professor da Universidad de Chile
Exibições no Chile e no exterior desde 1985.
Destaques: 4ª e 11ª Bienal de Havana; 9ª Bienal de La Paz; 4ª Bienal de Valência; 1ª Bienal do Mercosul; 1ª Bienal de Xangai; 29ª Bienal de Pontevedra.
Exposições coletivas no Chile, América Latina, Europa e Ásia.

 

Seu trabalho aborda histórias, históricos ou ficção, que atestam uma tradição autobiográfica de desarraigamento, grandes tragédias, como a guerra eo exílio, e o que pode ser chamado de “instabilidade histórica”. Suas referências decorrem da busca, resgate e fixação forçada de histórias orais quase audíveis, de artesanatos caseiros, de histórias tão heróicas quanto privadas, de documentos de arquivo, de frases pesquisadas em livros. Fotografias, documentos e objetos estimados por seus antepassados, transportados e deslocados através das fronteiras até sua chegada casual no Chile, permitem que ela se entrelace à memória e reconstrua ou imagine – conte a uma história plausível, até a possibilidade de ter uma história.

Seu trabalho estabelece o cruzamento temático, processual e técnico entre as práticas que determinam o espaço feminino e particularizado do que é privado e os discursos e práticas que são determinados como um paradigma do espaço político e histórico do que é público.