Cabelo Bom

Dir. Swahili Vidal e Cláudia Alves

Livre, 2017, Documentário, Brasil, 15’

Como as mulheres negras são pressionadas esteticamente para que se enquadrem em padrões pré-estabelecidos? O documentário de curta-metragem “Cabelo Bom“ propõe fazer um recorte desse universo. O filme dá voz a três personagens que expõem a relação delas e seu cabelo crespo. Elas conseguem contar suas trajetórias de vida, histórias de preconceito e nos mostrar como a autoaceitação de suas raízes, capilares, inclusive, foi e é fundamental para se afirmarem como mulheres negras num país como o Brasil.

Direção: Swahili Vidal e Cláudia Alves | Roteiro: Swahili Vidal | Direção de Produção: Swahili Vidal | Direção de Fotografia: Pedro Pipano | Direção de Arte: Marcio Sal | Som: Tony Pereira | Montagem: Bruno Régis | Trilha sonora: Manu da Cuíca e Raul Dicaprio | Empresa produtora: Coffeman Filmes e IDEOgraph | Elenco: Gabi Monteiro, Ainá Garcia e Tay Oliveira.

Swahili Vidal 

"Cabelo Bom" é o primeiro filme de Swahili Vidal como diretor. Nascido em Minas Gerais, Swahili é graduado em jornalismo e trabalha com cinema desde então. Já participou de projetos de séries para a TV, longas, videoclipes, shows musicais, publicidade e grandes eventos esportivos como a Copa do Mundo FIFA 2014 e os Jogos Olímpicos Rio 2016.

Cláudia Alves

Carioca, trabalha como produtora e diretora em webséries, seriados e documentários a exemplo de "Como Você Vê o Mundo", da Nissan Company. Juntamente com outros dois sócios, trabalha atualmente em um projeto de série com foco no aborto. Também já participou de projetos sociais na África, o que potencializou o resultado de "Cabelo Bom".

Mostra Circuito Brasileiro

Curtas-metragens

Espaço Itaú de Cinema
Sábado, 11/11 - 19h

R$ 6,00 e R$ 3,00 (meia)