Shine: Brilhante

Dir. Robert Hicks

12 anos, 1996, Ficção, Austrália, 105’

História verídica do menino prodígio David Helfgott, levado ao desequilíbrio mental pela rejeição de seu pai e a pressão para que seus concertos fossem perfeitos, e como ele voltou a dividir seu talento com o mundo graças ao amor de sua mulher.

Direção: Scott Hicks | Roteiro: Jan Sardi | Produção: Jane Scott | Música: David Hirschfelder | Direção de fotografia: Geoffrey Simpson | Montagem: Pip Karmel | Direção de arte: Vicki Niehus | Som: Toivo Lember e Roger Savage | Empresas produtoras: Australian Film Finance Corporation (AFFC), Film Victoria e The South Australian Film Corporation | Elenco: Geoffrey Rush, Justin Braine, Sonia Todd, Chris Haywood, Alex Rafalowicz, Gordon Poole, Armin Mueller-Stahl, Nicholas Bell, Danielle Cox, Rebecca Gooden, Marta Kaczmarek, John Cousins, Noah Taylor, Paul Linkson, Randall Berger, Ian Welbourne, Kelly Bottrill, Beverley Vaughan, Phyllis Burford, Daphne Grey, Edwin Hodgeman, Googie Withers, Maria Dafnero, Reis Porter, Stephen Sheehan e Brenton Whittle

Robert Hicks

Já dirigiu dezenas de filmes e teve seu longa-metragem “Shine” nomeado a dois Oscars em 1996, o de Melhor Diretor e Melhor Roteiro. Se formou na Universidade de Flinders na Austrália Meridional em 1975. Nasceu no Leste da África, em Unganda.

Mostra Circuito Australiano

Cinemateca
Domingo, 19/11 - 18h30

Gratuito