SIN DIOS NI SANTA MARÍA

Dir. Samuel M. Delgado e Helena Girón

2015, Experimental, Espanha, 11’, 16mm (projeção digital), COR

Como não havia aviões, as pessoas se moviam por meio de preces de uma terra para outra e voltavam cedo, antes do amanhecer. Em umas antigas gravações de som, as vozes dos pastores falam de uma existência mística, de bruxas e de viagens. No cotidiano de uma mulher se materializa a magia de suas histórias enquanto espera a chegada da noite. A noite é o momento em que as viagens são possíveis.

Samuel M. Delgado e Helena Girón
Suas obras investigam as relações entre a mitologia e o materialismo. Seus filmes tiveram uma extensa turnê em festivais internacionais como Festival Internacional de Cinema de Toronto, Locarno Film Festival, Festival de Cinema de Nova York, Mar del Plata, Festival Internacional de Cinema de Roterdã, FIC Valdivia, Curtas Vila do Conde, Ann Arbor ou Media City Film Festival e centros de arte como o Centro Cultural Banco do Brasil ou o TEA.

Mostra Circuito Espanhol

Mostra PHENOMIA
Uma seleção itinerante e mutável que se expande por distintos espaços e contextos.
Um programa de filmes experimentais realizado por autores espanhóis. Apresentado pela Crater-Lab.

SESC Paço da Liberdade
Terça, 14/11 - 15h30
Sexta, 17/11 - 19h10

Gratuito