Massimo Scaringella

Massimo Scaringella é curador independente de arte contemporânea e organizador de eventos culturais. Com mais de trinta anos de atividade na Itália e no exterior, apresentou vários artistas italianos e estrangeiros, muitos deles pertencem à geração mais jovem, mas hoje já valorizados no cenário internacional.

Nascido em Roma em 1953, vive em Roma e Buenos Aires. Editou ou colaborou em mais de 250 exposições de arte contemporânea em 40 países, em contato direto com as realidades locais de diferentes culturas e seu panorama contemporâneo, criando uma ponte de intercâmbio entre a arte italiana e do resto do mundo. Em particular modo com a América Latina, onde por anos colabora com os principais centros dedicados à arte contemporânea. Foi Diretor Artístico da 4ª edição da Bienal do Fim do Mundo 2014/2015. Diretor e fundador do ars maxjer maxjer contemporanea – progetti culturali d’avanguardia, em 2017 foi nomeado curador do Pavilhão Nacional da Costa do Marfim, na 57ª Bienal Internacional de Arte de Veneza.