Fábrica de Pipas: uma imersão no cotidiano fabril

Artista convida a vivenciar um dia como operário de uma fábrica chinesa

Nesta edição comemorativa de 25 anos da Bienal de Curitiba, está em exibição no Museu Oscar Niemeyer a mostra “Dragão Floresta Abundante” e da instalação e performance “Fábrica de Pipas”, do artista brasiliense Christus Nóbrega. Nelas, vemos a perspectiva do artista sobre uma viagem feita à China em 2015, durante sua residência artística realizada na cidade de Pequim.

Christus, que também é professor adjunto do departamento de Artes Visuas da Universidade Brasilia, nos apresenta um olhar imersivo sobre o país que é pouco conhecido: um empreendimento de questionamentos sobre política, economia e sociedade chinesa através da reflexão promovida pela arte. 

Fábrica de Pipas 

A Fábrica de Pipas, localizada no subsolo do bloco principal do museu (ao lado do Pátio das Esculturas), é uma performance pensada pelo artista que estabele diálogo com a exposição presente na sala 09 do MON. Nela, os visitantes podem experienciar um dia de trabalho em uma fábrica de pipas chinesa. 

A proposta do artista é convidar as pessoas para entrarem na “fábrica”, vestirem uniformes e produzirem pipas, como se fossem trabalhadores de uma verdadeira fábrica de pipas da China. Ela acontece com a contratação de empregados para a fabricação dos produtos, onde somente é remunerado quem atinge o número estipulado de pipas que devem ser feitas. Como a fábrica segue as leis trabalhistas do Brasil, o “superior” considera justo que as mulheres devam produzir mais que os homens para receber o mesmo salário. Dessa forma, estabelece um convite a reflexão sobre a diferença salarial entre os gêneros vivenciada em nosso país. 

_______________________________

SERVIÇO:

Performance – Fábrica de Pipas

Local: Subsolo do bloco principal do Museu Oscar Niemeyer, ao lado do Pátio das Esculturas. 

Data: de 18 de outubro a 30 de dezembro de 2018.

Para mais informações sobre a programação, acesse o Facebook da Bienal de Curitiba  e o perfil da Bienal no Instagram

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *