O Ateliê Livre de Escultura do Parque São Lourenço, localizado no espaço do Centro de Criatividade do parque, ganha a partir dessa quinta-feira (27) uma novíssima estrutura: com patrocínio da Universidade Estadual de Montana, dos Estados Unidos, em parceria com a Prefeitura Municipal de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba e Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba, foi construído no espaço um segundo forno para queima de cerâmicas em alta temperatura. A inauguração está marcada para quinta-feira (27), às 15h, no Ateliê Livre de Escultura. Na ocasião, com a presença de artistas locais, professores e alunos da Universidade de Montana, haverá uma queima inaugural de cerâmicas aberta à toda a comunidade.

Alunos, professores, ceramistas durante a inauguração do primeiro forno no Ateliê Livre de Esculturas, durante a 13ª Bienal de Curitiba (2017).

O projeto de construção dos fornos teve início em 2017, durante a 13ª edição da Bienal de Curitiba, quando os professores e especialistas em cerâmica da Universidade Estadual de Montana (EUA), Jeremy Hatch e Dean Adams, acompanhados de alunos da Universidade, estiveram no Brasil para projetar e construir o primeiro forno no espaço. A equipe de Montana trabalhou diretamente com parceiros da comunidade local, sob coordenação do escultor e coordenador do Ateliê Livre de Escultura do Parque São Lourenço, Elvo Benito Damo. Em setembro de 2019, o grupo voltou ao Brasil para dar continuidade à construção da estrutura, criando uma extensão do primeiro forno. Agora em 2020, durante a 14ª edição da Bienal, o segundo forno o Ateliê Livre de Escultura do Parque São Lourenço será oficialmente inaugurado e disponibilizado para uso de alunos, professores de cerâmica, artistas e comunidade de Curitiba.

A estrutura dos fornos para queima de cerâmicas é uma das maiores do Brasil, e foi projetado utilizando a tecnologia mais inovadora na área. A Universidade Estadual de Montana é um dos maiores centros de estudos no campo da arte em cerâmica e patrocinou todo o material necessário para construção, bem como os custos de todos os técnicos e especialistas dos Estados Unidos envolvidos no projeto e na execução das obras. Toda a pesquisa relativa ao projeto do forno foi iniciada no campus da Universidade norte-americana a partir da parceria entre a Bienal de Curitiba e o professor e curador Royce W. Smith, Decano da Escola de Artes da Universidade de Montana.

Legado da Bienal para a cidade

A proposta da construção dos fornos se enquadra em uma ideia de perpetuação da arte para além das exposições temporárias de cada edição da Bienal. Atravessando a efemeridade do evento, a Bienal de Curitiba propõe a cada edição ações que garantam sempre um legado como presente para a cidade. Com o fim de mais uma edição, que se encerra no próximo dia 01 de março de 2020, o segundo forno para queima de cerâmicas do Ateliê Livre é o legado desta 14ª Bienal para Curitiba.

Cerâmicas produzidas durante a inauguração do primeiro forno, no Ateliê Livre de Esculturas do Parque São Lourenço em 2017. A extensão do forno será inaugurada no dia 27 de fevereiro de 2020.

Sobre a Bienal

A 14ª Bienal de Curitiba acontece de 21 de setembro de 2019 até 01 de março de 2020. Nesta edição conta com o tema “Fronteiras em Aberto”, assinado pelos curadores Adolfo Montejo Navas e Tereza de Arruda. A programação geral terá a participação de artistas dos cinco continentes, com destaque para artistas da Rússia, Índia, China e África do Sul – países membros do bloco BRICS.

Esta edição ocupa todos os museus e centros culturais de Curitiba, e também terá sedes em outras cinco cidades do Paraná, além de Florianópolis (Santa Catarina) e Brasília (Distrito Federal). Ao longo dos meses de realização do evento, o público contará com uma agenda intensa de circuitos, palestras, intervenções urbanas, oficinas, como os já tradicionais Circuito de Galerias, Circuito de Arquitetura, Circuito de Ateliês, Circuito Universitário (CUBIC), Semana de Performances, entre outros. 

Por fim, expandindo ainda mais suas fronteiras, a Bienal contará com uma programação de mostras internacionais em países da América do Sul e Europa. A programação completa pode ser conferida nas redes sociais e site da Bienal de Curitiba.

SERVIÇO:

Inauguração do segundo forno para queima de cerâmicas do Ateliê Livre de Esculturas do Parque São Lourenço

Data: quinta-feira (27.03)

Horário: 15h

Local: Ateliê Livre de Esculturas do Parque São Lourenço

Entrada gratuita

Instagram: @bienaldecuritiba

Facebook: /BienaldeCuritiba

Patrocínio: Furnas, Copel, Havan, Bergerson, Kinet – Itaú e Neodent.

Realização: Fundação Cultural de Curitiba, Prefeitura Municipal de Curitiba, Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura do Governo do Paraná, Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo do Governo Federal.

Apoio: Montana State University (EUA).