A Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba, além de sua programação voltada para arte contemporânea, sempre se preocupou em trazer outras áreas culturais para o evento, como é o caso da Curitiba Literária e do FICBIC – Festival Internacional de Cinema da Bienal de Curitiba. 

Na programação da Bienal On-line, esses temas não vão ficar de fora. Por isso, no mês de setembro cinema e literatura serão o tema central da programação. Diversas dicas de leitura e de filmes serão dadas ao longo do mês pelas plataformas on-line da Bienal (Instagram, Facebook e site), além de conteúdos que mesclem literatura e cinema com artes visuais.

A programação de literatura convida Francisco Mallmann para leituras de trechos de suas obras. Mallmann atua entre a escrita, a performance, as artes visuais e a teoria. é mestre em filosofia e doutorando em artes da cena. trabalha de modo transdisciplinar e colabora com diversos grupos e coletivos artísticos – entre os quais a casa selvática, onde é artista residente, e a membrana, grupa de escritoras. seu primeiro livro de poesia, “haverá festa com o que restar” (2018), venceu o 3º lugar na categoria poesia do prêmio da biblioteca nacional e foi finalista dos prêmios rio de literatura e mix literário. publicou, ainda, “língua pele áspera” (2019), “américa” (2020) e o recém-lançado “tudo o que leva consigo um nome”(2021).

Para a programação de cinema, as dicas oficiais de filmes serão dadas por Luiz Gustavo Vilela, crítico de Cinema e Jornalista formado pela PUC-MG, mestre e doutorando em Comunicação e Linguagens pela UTP. Escreveu sobre cinema para diversas publicações, como o Portal POP e a Gazeta do Povo, além de ter sido cineclubista do SESI-PR e mantido colunas semanais sobre o universo audiovisual nas rádios CBN Curitiba e Transamérica Light. Hoje atua como professor dos cursos de Jornalismo e Publicidade da FATEC-PR e Assessor de Comunicação da Superintendência-Geral da Cultura do Estado do Paraná.

Sobre a Bienal On-line

A Bienal On-line, uma ação de extensão da 14ª Bienal de Arte Contemporânea de Curitiba, Paraná, tem como objetivo levar ao maior número possível de pessoas conteúdos de qualidade sobre artes visuais, arquitetura, design, literatura e cinema, expandindo o formato presencial do evento diretamente para os celulares, computadores e casas da população. A proposta principal é seguir fomentando a cultura, formando públicos plurais e proporcionando experiências estéticas adaptadas ao nosso atual contexto. A cada mês, até dezembro de 2021, um tema diferente guiará as ações. 

A Bienal On-line tem patrocínio da EMS, Eletrobras Furnas, Copel, Kinea e Neodent, com apoio do Grupo SC, Copel, Havan, Bergerson, BRDE e Fomento Paraná. Incentivo do Governo Estadual do Paraná – Secretaria da Comunicação Social e da Cultura e do PROFICE – Programa de Incentivo à Cultura. A realização é da Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba, Prefeitura Municipal de Curitiba, Governo do Estado do Paraná – Secretaria da Comunicação Social e da Cultura, Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania e Governo Federal – Brasil. 

SERVIÇO – Bienal On-line setembro: mês da literatura e do cinema

Acompanhe a programação gratuitamente através das redes sociais e site da Bienal de Curitiba

Instagram: @bienaldecuritiba

Facebook: /Bienal de Curitiba