Cinema na Escola chega ao Município de Corbélia

O Cinema na Escola em Corbélia foi realizado no dia 18/03, mesmo dia em que foi realizada a oficina de Cinema pelo Celular. Na ocasião os alunos puderam assistir ao longa-metragem “O Que Queremos Para o Mundo?

Cinema na Escola em Corbélia | Cine Móvel Claiton Biaggi.

Timidez, superação de desafios, amizade e identidade são os temas que compõem o filme exibido. Na atividade os jovens puderam se identificar e se conectar com as angústias e dúvidas de Luz, a protagonista da história. 

Cinema na Escola em Corbélia | Cine Móvel Claiton Biaggi.

“O que queremos para o mundo” (2016- 70’), dirigido por Igor Amin com Olívia Blanc, Sofia Sgarbi, Helena Trojahn Carrion, Milena Megrè.  O filme, inspirado na escuta empática de mais de 4.000 crianças, por meio de oficinas, vídeos e exposição multimídia, foi realizado de forma sustentável, com financiamento de crowdfunding, reinvestimentos próprios e doações, além de recursos da 7ª. edição do Programa de Estímulo ao Audiovisual – Filme em Minas- com apoio da Plataforma Catarse e do Canal Wings for Change do Instituto Asa. Participou da Mostra de Tiradentes e do Festival de Brasília de 2016. Foi agraciado com Menção Honrosa do Júri do Noida-India International Film Festival.” (Denize Araújo, curadora)

Cinema na Escola em Corbélia | Cine Móvel Claiton Biaggi.

 

Cinema na Escola em Corbélia | Cine Móvel Claiton Biaggi.

Oficina de Cinema

No dia 18/03, aconteceu a Oficina de Cinema pelo Celular no Colégio Estadual Amâncio Moro. Promovendo cultura e debates importantes para os dias atuais, as oficinas realizadas nas cidades do interior do Paraná deram vozes a jovens estudantes ansiosos por partilhar suas histórias. Veja como foi a atividade aqui.

Oficina de Cinema em Corbélia | Cine Móvel Claiton Biaggi.

Cinema na Praça

No dia 26/03, o filme “O que queremos para o mundo? foi exibido no Cinema na Praça. O longa-metragem nacional de Igor Amin foi apresentado na Praça Brasil, junto aos curtas produzidos pelos alunos do Colégio Estadual Amâncio Moro durante a Oficina de Cinema com Celular. Saiba mais sobre a atividade aqui