Infância, crescimento e arte na tela grande em Mandaguari

Turmas do sexto ano da Escola Estadual São Vicente Pallotti, em Mandaguari, se reuniram na manhã de 13/06 para a realização do Cinema na Escola. Com o objetivo de levar as diversas possibilidades do cinema para crianças do interior do Paraná, o projeto Cine Móvel encerrou sua passagem por Mandaguari com sucesso.

Cinema na Escola em Mandaguari | Cine Móvel – Lucas Ferreira

 

Apesar de muito agitados, os estudantes acompanharam com curiosidade os filmes escolhidos pela curadoria do Cine Móvel: para se conectar com o mundo infantil, animações e filmes curtos que falassem de temas comuns. Desejos, sonhos, “coisas de menino”, “coisas de menina”, a estranha vida adulta… assuntos abordados com leveza e bom humor, para agradar e fazer refletir!

Cinema na Escola em Mandaguari | Cine Móvel – Lucas Ferreira

Lé com Cré” e “Chiclete Balão”, por exemplo, causaram risos e encantaram pela beleza estética do cinema de animação. Além disso, há a inocência das personagens que buscam dar respostas para coisas do mundo que ainda não conhecem: muitos dos questionamentos dessa fase inicial da vida são respondidos nos filmes, o que ajuda professores em sala de aula a implementarem o cinema em seus projetos pedagógicos.

Fantasmo| Diretor: Mateus Loner

Outros filmes, de forma complementar, lançam os questionamentos necessários para o amadurecimento: como lidar com o desconhecido? “Fantasmo” fala sobre o diálogo com as diferenças. Como vencer medos? “Lá do Alto” fala sobre lidar com a ausência de uma pessoa querida.

Cinema na Escola em Mandaguari | Cine Móvel – Lucas Ferreira

 

E assim o Cine Móvel propõe a inserção da arte do cinema, da tela grande, nas escolas de pequenas cidades do interior do estado. O diálogo, a reflexão, a interpretação da imagem e do texto são importantes formas de educação!