O Festival de Cinema da Bienal de Curitiba, FICBIC, apresenta anualmente uma programação variada e de qualidade, atraindo um grande público. Com tradição em descentralizar espaços na capital e promover itinerâncias em vários municípios do estado, o FICBIC favorece o acesso à produções nacionais e internacionais, com longas e curtas premiados e inéditos.

A  Bienal de Curitiba, em seus 25 anos de atividades, em diferentes áreas da arte, permitiu o nascimento do FICBIC e sua itinerância. Após várias edições do FICBIC, foi criado o Cine Móvel, com objetivo de democratizar o acesso ao cinema brasileiro.

O Cine Móvel levará o universo cinematográfico ao público de 39 municípios do Paraná, de microrregiões com até 20 mil habitantes, com o intuito de formação de público de cinema e criação de acesso ao cinema nacional.

O festival será conduzido em três frentes: Cinema na Escola, Cinema na Praça e Oficina de Cinema no Celular. Primeiro será realizada a oficina com alunos da redes estadual de ensino, com a produção de vídeos de até  1 minuto. Num segundo momento os filmes produzidos durante as oficinas serão apresentados na praça da cidade junto à um longa nacional e, fechando a série de eventos, serão exibidos curtas nacionais nas escolas que receberam as oficinas.

 

 

Além de exibir curtas para os alunos da rede estadual, e produzir filmes junto a eles em oficinas de cinema com o celular, o Cine Móvel realizará projeções de longas nacionais em Praças e espaços públicos de 39 municípios do estado.

No Cinema na Praça vamos aproximar o cinema brasileiro do público, levando para a população as narrativas contemporâneas em filmes premiados.  Antes da exibição do longa-metragem haverá uma sessão de curtas, realizados na oficina Fazer cinema pelo celular em uma Escola Estadual do Município.

Os filmes exibidos possuem classificação livre, ou 12 anos, sendo um programa voltado para vários públicos, envolvendo alunos e famílias e amigos. Os curadores do Cine Móvel selecionaram 3 filmes brasileiros para cada que cidade participante pudesse escolher um deles para exibição. A programação é gratuita e o município e não há investimento do município para a realização.

 

 

 

 

Uma das atividades do Cine Móvel é a oficina Fazer cinema pelo celular, em que os alunos do Ensino Médio, com idades entre 14 e 17 anos, irão produzir vídeos com até 1 minuto de duração. A oficina tem objetivo introduzir e disseminar a cultura cinematográfica, utilizando a história do cinema para suporte e os celulares para as criações de filmes de ficção ou documentários.

Os filmes produzidos na oficina serão exibidos antes da sessão de cinema brasileiro ao ar livre no município e estará disponível no canal do YouTube do Cine Móvel.

 

As escolas da rede estadual, selecionadas para o projeto, irão receber exibições de curtas-metragens brasileiros, além de fornecer material com reflexões e debates para um direcionamento pedagógico para o professor com orientações sobre como trabalhar os filmes e o cinema em sala de aula.

Os filmes têm classificação livre e a atividade é destinada a alunos a partir dos 10 anos.