Oficina de Cinema em Ibiporã

Crítica social na tela do celular em Ibiporã:

Oficina de Cinema em Ibiporã | Cine Móvel – Lucas Ferreira

O projeto Cine Móvel da Bienal de Curitiba tem promovido momentos de importante reflexão e debates nas escolas estaduais do interior do Paraná. No dia 12/04 na cidade de Ibiporã, os alunos se envolveram nas discussões propostas, mergulhando na linguagem cinematográfica e na importância do audiovisual na construção da sociedade.

Oficina de Cinema em Ibiporã | Cine Móvel – Lucas Ferreira

Filmes produzidos

O curta-metragem “Cegos” mostra uma mulher perseguida por um homem suspeito. Enquanto ela foge e busca ajuda, encontra uma sociedade completamente fechada em si mesma, egoísta e cega. Cada pessoa, vidrada na tela de seu celular, é incapaz de ajudar o outro. O sensacionalismo exacerbado das redes sociais também é abordado.

A outra proposta é o documentário “(Des) Igualdade”, que expõe diferentes visões e vozes sobre a questão do racismo. Ainda muito presente em nosso país, mesmo que às vezes disfarçado, o preconceito racial afeta a vida dos jovens, além de suas expectativas de vida. O documentário dá voz a alunos e professores.

 

As temáticas, tão sensíveis e intensas, revelam que os estudantes do Colégio Estadual do Jardim San Rafael estão atentos à questões humanitárias. Talentos a serem revelados através da educação!

Os curtas já estão disponíveis no YouTube. A primeira exibição pública foi feita durante o Cinema na Praça, promovido pelo Cine Móvel, na Quadra Coberta Poliesportiva do Conjunto Afonso Sarábia no dia 23/04.Confira como foi o evento aqui.

Cine Móvel 2019 | Cinema na Praça em Ibiporã | Crédito: José Neto

 

Cine Móvel 2019 | Cinema na Praça em Ibiporã | Créditos: Paulo Crincev – Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Ibiporã